Arquivos da categoria: Crescimento espontâneo

Aparecimento de colônia no chá ou geração “espontânea”

Como produzir uma colônia?

A colônia de kombucha é como uma estrela do mar. A comparação pode parecer um tanto estranha, mas quer dizer que uma pequena parte da colônia, mesmo minúscula,  mesmo  imperceptível pode gerar uma nova colônia grande e saudável.

A bebida Kombucha contém em sua composição todas os componentes necessários para a geração de uma nova colônia.

Assim, preparando a bebida através da receita padrão – do chá bem doce, deixar esfriar, colocar a colônia e aguardar a fermentação – retiramos as colônias (mãe e filha) ao final e guardamos. Se a bebida resultante for deixada em temperatura ambiente sem a presença de nenhuma colônia por um ou dois dias poderemos observar uma nova colônia se formando. Nota-se também, que essa segunda fermentação aeróbica e à temperatura ambiente acentua de forma muito rápida a acidez da bebida até essa se transforma em um vinagre. O vinagre de Kombucha pode ser utilizado da mesma forma que o vinagre de maça, de uva ou outro.

Isso demonstra que a colônia tem a capacidade de se reproduzir a partir de um pequeno fragmento, que a mesma é extremamente ativa e que se reproduz com facilidade.

Para se produzir uma nova colônia a partir de um pouco da bebida ou de um pequeno fragmento da colônia:

  1. Conseguir alguma bebida ou um pequeno fragmento saudável da colônia de Kombucha;
  2. Fazer um pouco do chá preto ou verde* bem doce, deixar esfriar e colocar em um vidro ou vasilha de plástico com a boca larga (acima de 7 cms de diametro);
  3. Colocar a bebida ou a colônia de Kombucha;
  4. Tampar com um pano e amarrar a boca no recipiente com um barbante ou fio;
  5. Aguardar a fermentação – pode demorar até uns 15 ou 20 dias sem problema, sendo que a bebida provavelmente terá fermentado até avinagrar;
  6. Pronto! você tem uma colônia nova, bem clara e forte. Agora é só seguir a receita tradicional.

Essa é uma forma de se produzir uma colônia já tendo o chá do kombucha pronto ou um pequeno fragmento de colônia que por acaso pode ter sido obtido de uma colônia que estragou pela ação de fungos.

Algumas pesquisas demonstram a possibilidade da geração da colônia por outras vias, mas isso estará em outro artigo nessa mesma seção.

* O chá verde apresentou melhor resultado em situações nas quais utilizei fragmentos de colônias para o ‘start’. A colônia se formou mais rápido em um teste com os dois chás e com o mesmo volume de fragmento ou de bebida pronta . Com o chá preto a colônia se apresentou também saudável embora com menor volume.