Arquivos da categoria: No calor

Preparando o chá com o clima quente

O preparo da bebida no calor

No calor a colônia se reproduz mais rapidamente e mais intensamente. A temperatura elevada faz com que a colônia aumente a sua capacidade de fermentação. Todo o processo se torna mais rápido e eficiente.

Uma característica que podemos observar muito claramente é que a colônia reage sempre as temperaturas às quais é exposta: quanto mais quente maior é a sua atividade e quanto mais frio, menor. Por isso acondicionamos em refrigeradores as nossas colônias que não estão trabalhando. Sua atividade se reduz a um ponto mínimo sem, no entanto, matar a colônia. Podem ser guardadas por meses se devidamente acondicionadas em vidros bem lacrados [leia mais].

Sobre o preparo: No calor tropical de algumas regiões do Brasil, o chá já estará pronto em alguns poucos dias – acredito que, no mínimo são necessários 4 dias mesmo em temperaturas mais elevadas, próximas dos 35 graus centígrados. Algumas pessoas conhecidas relataram a necessidade de períodos entre 5 e 7 dias para a adequada fermentação da bebida a temperaturas que variavam entre 23 e 30 graus centígrados. No frio , com temperaturas variando entre 10 e 22 graus centígrados, esse período de preparo pode ser estendido por até 12 dias. Em temperaturas mais baixas é recomendável o uso de aparelhos específicos para aquecimento da colônia ou a utilização de períodos de tempo maior, o que é utilizado e recomendável em lugares com clima frio.

Portanto, no calor, deixaremos fermentar a bebida por um período mínimo de 4 dias para temperaturas extremamente quentes; e entre 5 e 8 dias para períodos com temperaturas médias, entre 20 e 30 graus centígrados.

Copos