Definições e cuidados com a colônia

Bom, é sempre muito interessante ter um ponto de vista diferente sobre nosso tema. A simplicidade de algumas abordagens e a falta de alguns detalhes informativos pode tornar aquilo que deveria fazer bem em algo que faz mal a saúde. Estive pesquisando o termo em inglês Zoogleal Mat para tentar entender melhor a composição da colônia de Kombucha e acabei encontrando um interessante ponto de vista sobre os cuidados quanto ao preparo e manipulação das colônias.

Colônia e copo de Kombucha

Segue abaixo uma pequena parte de um artigo que eu li sobre o kombucha num site sobre chás:

” Kombuchá é outra ‘bebida milagre’ atualmente no mercado.’Kombu’ é um tipo de alga, ‘cha’ é chá em japonês, mas a maioria das pessoas vão dizer que kombucha é um ‘chá de cogumelo’. De fato, algas, chá e cogumelos são completamente alheios a produção do kombucha. Kombuchá é um apelido ocidental para uma bebida feita de uma tisana adocicada e, em seguida, fermentada por um limo de bactérias (bacterial slime), conhecida como zoogleal mat. O zoogleal mat cria uma sólida massa conhecida como “cogumelo”. Muitas têm sido as considreações feitas sobre o kombucha. Na China é chamado de “Elixir da Saúde Imortal”. Alguns dizem que ele ajuda na desintoxicação hepática, na prevenção do câncer, bem como perda de peso, mas nenhuma evidência clínica* apoia estas reivindicações até a presente data. Muitos adéptos da bebida kombucha relatam um sentimento de euforia e bem-estar após o consumo.

(A zoogleal mat pode ser contaminada por microorganismos indesejáveis o qeu pode ser perigoso para a sua saúde. Além disso, a acidez do kombucha pode causar reações com o alumínio, o chumbo, e os vasos de cerâmica. Tenha cuidado ao produzir kombucha em casa e não utilize recipientes reativos). ”

Traduzido de uma Lista de Tisanas de um site sobre chás.

Temos que ter em mente cada vez mais que lidar com uma colônia de bactérias, viva, ativa e exposta a inúmeras condições possivelmente adversas, climáticas, de higiene, do meio envolvente, do armazenamento, dentre outras exige necessariamente um procedimento cauteloso.

Assim, não é nunca demais lembrar que é fundamental:

  • Higiene total, lavando bem as mãos, os recipientes, os utensílios em caso de dúvida auxiliando com álcool.
  • Armazenagem da colônia e da bebida em recipientes e em local que não permitam a entrada de ar contaminado.
  • Local adequado para a fermentação, assim como um pano ou papel toalha amarrado de forma segura com algo diferente daqueles elásticos encontrados no mercado brasileiro, que ao contrário dos utilizados nos EUA e Alemanha, são de qualidade geralmente duvidosa e se rompem (experiência própria e com uma marca considerada boa). Isso evita a entrada de outros microorganismos ou partículas indesejáveis que podem se deslocar até a boca do recipiente através do deslocamento do ar no local.

* documentada oficialmente, creio.

4 comentários sobre “Definições e cuidados com a colônia

  1. Olá, estava pesquisando sobre o creme, e a receita que eu tenho da colônia, não é adicionado nada além da colônia( de preferencia grande) e do chá onde ela esteve em infusão. Para os cabelos na apostila que tenho fala de lavar somente com o chá da infusão.Para emagrecimento é uma grande, para 1L de aguá e 3 colheres de açucar com 1 colher do chá verde ou, infusão dos 15 dias, sabor a vinho branco seco. Para doenças no geral, de 6 a 10 dias, lá fala que o chá não fica azedo se a Kombucha já tiver sido mãe de pelo menos 3 filhotes. E não se deve por açucar se não for para emagrecer.

  2. Olá Paula,

    Gostei bastante de sua opinião, seria interessante citar a fonte dessa apostila. Afinal são orientações bastante diferentes das que aqui seguimos e, portanto, seria muito valoroso conhecer melhor o conteúdo desse texto.

    Temos um fórum de discussão sobre o Kombucha no mesmo site do blog:

    http://www.kombucha.blog.br/forum

    Faça o seu registro e participe!

  3. Gostaria de complementar que para higienizar os utensílios, além de lava-los com água e detergente neutro, o álcool deve ser o 70 %. Os que encontramos no comércio comum (mercados) não serve pois a concentração é menor, não tem ação antisséptica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>