Fórum Kombucha Blog do Brasil

Kombucha - debates => Assunto: A bebida Kombucha => Tópico iniciado por: Pedro em 23 de Março de 2009, 02:45:54

Título: Utilizar o Kombucha desdobrado.
Enviado por: Pedro em 23 de Março de 2009, 02:45:54
No Tópico indicado abaixo, Marcus utiliza a expressão Kombucha desdobrado.
...Só não sei dizer se o Kombucha mais ou menos ácido seria mais adequado. Existe também a possibilidade de utilizar o Kombucha desdobrado em água ou algum líquido segundo o gosto da pessoa que vai utilizar...
Não entendi bem, o significado do desdobrado.???  Pelo texto me pareceu ser diluido.
Venho fazendo essa diluição (desdobramento?) com frutas não ácidas (mamão), justamente para combater a acidez de meu estoque de garrafas. Já citei essa ocorrencia em Fórum especifico.
E tenho a dúvida, se os efeitos medicinais do Kombucha, ficam diminuidos por essa diluição.
Título: Re: Utilizar o Kombucha desdobrado.
Enviado por: Marcus em 23 de Março de 2009, 03:44:11
Olá Pedro,

O sentido é esse mesmo, diluir. Desdobrar é um termo utilizado mais utilizado em economia, mas que bem cabe aqui. Por isso eu coloquei em itálico.

Já utilizei para fazer refrescos. Algumas crianças não gostam muito do Kombucha puro, nesse caso é possível diluir num suco como laranja, maracujá. Algumas receitas misturam Kombucha com sucos de frutas menos ácidas. Pode-se acrescentar mais açúcar (http://compare.buscape.com.br/categoria?id=565&lkout=1&kw=acucar+refinado&site_origem=5416928). Gostei do sabor do Kombucha com suco de pêssego (de caixa (http://compare.buscape.com.br/categoria?id=565&lkout=1&kw=suco+caixa&site_origem=5416928)).

O objetivo de se desdobrar o Kombucha é para que possa ser consumido por pessoas que percebam alguma reação desagradável durante o uso. Assim, no início do consumo podem surgir diarréias decorrentes do uso de uma quantidade maior do que a adequada, da mesma forma algumas pessoas podem sentir um certo desconforto estomacal, como um certo enjôo ao consumir Kombucha. Nesses casos é utilizada essa diluição, mesmo com água, no momento de tomar o Kombucha. É claro que a redução na dosagem é também recomendada.

Os efeitos não se diminuem pela diluição. Algumas substâncias com certeza afetam negativamente as propriedades probióticas da bebida. Por isso não é indicado o uso do mel, por conter inúmeras propriedades antibióticas. No entanto, contrariamente a esse raciocínio, diversas pessoas, professores em sites, livros falam de práticas utilizando um monte de coisas que eu acreditava que fossem ruins para a bebida, para a colônia. É bem diversa a informação: enquanto uns proíbem outros aconselham a mesma prática.

Existem também receitas de drinks com ou sem álcool e Kombucha. Veja mais aqui em Receitas de bebidas com Kombucha (http://www.kombucha.blog.br/artigos/preparo/prep_recb/).

Lembrem-se: Kombucha não é um refrigerante, não é água, não é suco, é um recurso terapêutico, um remédio por assim dizer. E como tal deve ser administrado em quantidade adequada. Quando o Kombucha fica muito ácido, mesmo avinagrado, devemos ter mais cautela e diminuir a dose.