Autor Tópico: Kombucha proibido na Argentina!  (Lida 6965 vezes)

Offline Marcus

  • _________________
  • Administrador
  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 161
  • Popularidade: +36/-0
    • Kombucha Blog do Brasil
Kombucha proibido na Argentina!
« Online: 11 de Maio de 2009, 03:14:44 »
Esse debate tem origem no artigo Kombucha proibido na Argentina!.

Publiquei um artigo no Blog sobre um texto encontrado na Internet pelo Pedro, membro do KBB/FKBB. O artigo fala sobre a proibição da comercialização de Kombucha na Argentina.

Aproveitei que estava ontem na casa da Cláudia (é uma grande amiga, médica psiquiatra, membro do fórum também, foi quem me apresentou e me deu a primeira colônia) e discuti com ela o teor desse texto. Ela discorda do texto. Os argumentos do comitê para proibição não passam pelo conhecimento ou análise do Kombucha, sua produção, seus usos, suas práticas em todo o mundo. Há relatos de obras que falam de hepatotoxicidade (intoxicação do fígado) e outras intoxicações possíveis do sistema digestivo. No entanto, o foco da proibição é a possível presença ou crescimento dos famosos Aspergilos, que são fungos muito comuns no meio ambiente. Esses fungos crescem com imensa facilidade no amendoim, na aveia, nas batatas, etc.

Lendo o texto referido, podemos perceber que a proibição foi motivada principalmente pela possível ocorrência dos famosos aspergilos no Kombucha. Simples assim: "uma denúncia foi feita" e pronto. Seria sensato portanto proibir o consumo ou a comercialização do amendoim na Argentina?

Se ingerido em uma quantidade razoavelmente pequena tem possibilidade quase nula de problemas. Já comemos seguramente muito aspergilo nos diversos alimentos que consumimos todos os dias desde criança, mas em quantidade pequena. A ingestão desses fungos em quantidade maior pode ser muito prejudicial realmente, mas eles não se desenvolvem de forma sutil. São bastante perceptíveis! É bastante difícil alguém não percebê-los. O procedimento normal é observarmos os alimentos antes de levá-los a boca.

Todo e qualquer alerta deve ser levado em conta, e é por isso que trouxemos para o fórum. Para que as pessoas possam avaliar se existem riscos reais para os amantes dessa saborosa bebida.

Portanto, o que são aspergilos?
« Última modificação: 11 de Maio de 2009, 03:37:43 por Marcus »
Se você precisa de uma doação de Kombucha, entre na categoria Doações. Leia as mensagens do seu Estado ou País. Caso não encontre nenhuma mensagem ofertando colônias, escreva um novo tópico solicitando uma. Se conseguir, comunique ao fórum em uma nova mensagem.

Offline Marcus

  • _________________
  • Administrador
  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 161
  • Popularidade: +36/-0
    • Kombucha Blog do Brasil
O que são Aspergilos?
« Resposta #1 Online: 11 de Maio de 2009, 03:36:33 »
O que são aspergilos então?

Segundo a Wikipédia em português:

Aspergillus é um gênero de fungos que apresenta coloração branca amarelada com formação de pedúnculos e uma ponta colorida. São importantes agentes decompositores de alimentos.

Utilização

São utilizados na produção de alimentos e produção comercial de ácido cítrico, glucônico e gálico. Existem mais de 200 espécies encontradas na natureza. O Aspergillus foi catalogado em 1729 pelo padre italiano e biólogo Pietro Antonio Micheli. Observando o fungo no microscópio, Micheli lembrou-se da forma de um aspergillum (borrifador de água santa), e nomeou a espécie de acordo com o objeto. As espécies de Aspergillus são aeróbicas e encontradas em ambientes ricos em oxigênio, onde geralmente crescem na superfície onde vivem. As espécies de Aspergillus contaminam restos de comidas (como pães e batatas), e crescem em muitas plantas e árvores.


Segundo ainda a Wikipedia em Inglês:

Aspergilose

Aspergilose é o grupo de doenças causadas por Aspergillus. O subtipo mais comum nas infecções dos seios paranasais associadas com aspergilose é o Aspergillus fumigatus.Os sintomas incluem febre, tosse, dor toráxica ou respiratória, o que também ocorre em muitas outras doenças e, portanto, o diagnóstico pode ser difícil. Normalmente, apenas os pacientes com o sistema imunológico enfraquecido ou que sofram outras doenças pulmonares são suscetíveis.

Nos seres humanos, as principais formas da doença são:

Aspergilose broncopulmonar alérgica ou ABPA (afeta pacientes com sintomas que produz significativa morbidade respiratória tais como asma, fibrose cística e sinusite).
Aspergilose invasiva aguda (o risco aumenta se o paciente tem sua imunidade enfraquecida como alguns portadores de AIDS e também os pacientes submetidos a quimioterapia).
Aspegilose invasiva disseminada (difundida através de corpo).

Aspergilose das vias aéreas é também freqüentemente relatadas em aves, e algumas espécies de Aspergillus são conhecidos por infectar insetos.


Mais uma citação da Wikipedia em português:

A Aspergilose é uma doença pulmonar, micose causada pelo fungo Aspergillus fumigatus. A aspergilose é geralmente benigna, mas assume particular importância clínica em infecções sistémicas malignas em doentes com SIDA/AIDS.

Aspergillus fumigatus

Os A.fumigatus crescem no ser humano em formas multicelulares filamentosas, as hifas septadas, formando um micélio. Cada hifa tem 4 micrómetros de diâmetro e muitos mais de comprimento, frequentemente dividindo-se em ramos. Na natureza são muito comuns e capazes de crescer livremente, alimentando-se de detritos orgânicos como plantas podres.

O A.fumigatus é a causa mais frequente de aspergilose, mas outros como A.flavus, A.niger, A.nidulans ou A.terreus também causam a doença.

Progressão e Sintomas

A manifestação mais frequente é a aspergilose pulmonar. Os micélios crescem em bolas, denominadas aspergilomas, geralmente assintomáticos excepto pel hemoptise (tosse com sangue) ocasional; ou então produzem pneumonia disseminada crónica com expectoração, tosse e falta de ar. As infecções do olho devido a feridas não tratadas leva quase sempre à perda desse órgão de visão. A doença é geralmente controlada excepto nos imunodeprimidos.

Em doentes com SIDA/AIDS, o fungo não é controlado no pulmão e dissemina-se pelos órgãos de forma rápida. A aspergilose cerebral, cardíaca ou da medula óssea resultam quase sempre em morte se não tratadas, devido a hemorragias e enfartes múltiplos nos orgãos.

A micotoxicose é devida à ingestão de comida contaminada, com vómitos, diarreia e náuseas.

O Aspergillus pode ainda causar reacções alérgicas sem se multiplicar ou infectar a pessoa, como asma e rinite alérgica. A constante exposição ao fungo pode levar a recções do sistema imunitário agressivas na ausência da sua multiplicação, por vezes resultando em problemas pulmonares após muitos anos.

Diagnóstico e Tratamento

A expectoração é observada ao microscópio, mas a cultura pode ser necessária para a identificação. A sorologia, com detecção de anticorpos específicos contra o fungo é usada também.

O tratamento é com o fármaco politicísticoantifúngico anfotericina B, ou com derivados de azol, como itraconazol.
Se você precisa de uma doação de Kombucha, entre na categoria Doações. Leia as mensagens do seu Estado ou País. Caso não encontre nenhuma mensagem ofertando colônias, escreva um novo tópico solicitando uma. Se conseguir, comunique ao fórum em uma nova mensagem.

Offline bclau

  • Membro Regular
  • **
  • Mensagens: 7
  • Popularidade: +0/-0
Re:Kombucha proibido na Argentina!
« Resposta #2 Online: 6 de Dezembro de 2015, 13:41:35 »
Kombuchá é vendido em qualquer supermercado grande nos EUA por muitos e muitos anos. Se fosse ruim a FDA que por sinal é super rigorosa, já teria proibido nos Estados Unidos.

É uma pena que o governo da Argentina tenha tomado está decisão.....

Abraços

Fórum Kombucha Blog do Brasil

Re:Kombucha proibido na Argentina!
« Resposta #2 Online: 6 de Dezembro de 2015, 13:41:35 »