Quem não deve beber?

Quem não deve beber Kombucha?

É realmente complexa tal resposta e talvez ainda não respondida satisfatoriamente. No entanto, algumas informações simples e importantes podem apontar contra-indicações para aquelas pessoas que precisam cuidados especiais quanto a sua saúde, e portanto possivelmente não se beneficiariam das qualidades do Kombucha.

Quem pode beber Kombucha?

A maior parte das pessoas podem beber Kombucha sem qualquer problema conhecido, e com benefícios maravilhosos. Assim, é mais fácil tentar definir quem não deve beber ou quem deve ter cuidado ao beber.

Você deve evitar beber o Kombucha?

Estão aqui alguns grupos de pessoas que eu acredito devem considerar com sabedoria e consultar previamente um médico antes de ingerir o Kombucha:

Aqueles com um mal funcionamento do fígado – o Kombucha é um dos melhores desintoxicantes para o corpo. Ele eliminará as toxinas de seu corpo através de seu fígado. Se seu fígado não está funcionando corretamente então pode ser aconselhável beber Kombucha com cautela, nesses casos é aconselhável beber também maior quantidade de água por dia.

Menores de 6 anos – Uma criança possui um organismo novo, crescendo, e pode não suportar a mesma concentração de suplementos e de gêneros alimentícios que um adulto. Kombucha é uma bebida refrescante e saborosa, principalmente se estiver mais doce, menos fermentada. Deve se tomar cuidado entretanto com a dosagem que é dada a criança para evitar distúrbios intestinais. Até 1 ano de idade recomenda-se diluir o Kombucha em água entes de dar, e utilizar uma quantidade inferior a 50 ml por dia.

Mães grávidas e amamentando – acredito que possam consumir Kombucha normalmente, mas por via das dúvidas, não devem consumir Kombucha de forma excessiva, apesar de não ter encontrado nenhum relato conclusivo sobre o assunto. Não encontrei fontes de informação que eu considerasse suficientemente coerentes sobre o consumo no período de amamentação. Algumas poucas fontes que falam da restrição ao uso relacionando o consumo excessivo de nutrientes para a criança em formação – o que a meu ver pode não ter sentido. Acredito que qualquer quantidade excessiva de nutrientes que se consuma seja eliminada, no entanto diversas substâncias passam para o leite materno a exemplo de alguns remédios que por isso são contra-indicados durante os períodos de gestação e amamentação. Não encontrei fontes que relatassem que o Kombucha possui alguma substância que pode ser prejudicial à criança em amamentação.

Crianças acima dos 6 anos – você pode considerar diluir o Kombucha antes de dá-lo a uma criança. Pode ser diluído com água, chá congelado ou com um suco de fruta apropriado tal como a uva. Apesar de que o uso da bebida em seu estado natural não tenha nenhuma contra-indicação explícita em nenhuma fonte pesquisada.

Alcoólatras em recuperação – muitos alcoólatras acham útil beber Kombucha durante seu período da recuperação, o que a meu ver é bastante coerente, porque a sensação de bem estar geral e as qualidades desintoxicantes são desejadas. No entanto, deve-se ter sempre em mente que Kombucha contém uma quantidade pequena de álcool, normalmente menos do que 1% por volume. Alguns alcoólicos em recuperação podem estar sensíveis ao ponto de conseguir “sentir” o álcool presente nessa fermentação o que poderia desencadear o uso de outra bebida com o teor de álcool maior. Portanto é pessoal a relação com o Kombucha durante tal tratamento.

Diabéticos – eu tive testemunhos pessoais de diabéticos que tiveram resultados maravilhosos ao beber Kombucha. Eu diria apenas para ter cuidado. A maioria do açúcar é convertido em outros componentes durante o processo de fermentação, no entanto, alguns cristais de açúcar podem estar presentes no chá pronto. Tenha isto em mente ao preparar sua dieta.

Se você não estiver certo sobre o uso do Kombucha consulte seu médico primeiramente.

Mas considere o seguinte: provavelmente seu médico nunca ouviu falar sobre o Kombucha e seria interessante você levar alguns dados para ele como a sua composição e algumas de suas principais características.

Bebendo o chá 2

22 comentários sobre “Quem não deve beber?

  1. Alguns autores citam que crianças com idade até 4 anos não devem beber.
    Lembrando sempre que qualquer opinião deve ser respeitada, é recomendado cautela maior nesse caso.

  2. Durante a gravidez, tomei Kombucha e também na amamentação.Sem problemas. É um complemento alimentar, rico em vitaminas, não causa mal ao feto ou bebê.
    Agora, para crianças pequenas, antes de 1 ano, não recomendo, por conter álcool, ainda que em pequena quantidade, e açúcar também. Os efeitos intestinais também são muito fortes para crianças, podendo causar diarréia.Para criança~s acima de 3 anos, em pequenas quantidades ou diluído, é complemento alimentar e pró-biótico, melhorando a imunidade nesta fase onde se adoece muito e se usa antibiócos com frequência.
    Os pró-bióticos recuperam a flora e a imunidade.
    “Problemas de fígado”, depende. Para cirrose, acho até favorável , por conter ac. glicurônico, também sintetizado pelo fígado, vitaminas do compl. B e repor a flora intestinal, que sintetiza vitamina K, que é essencial na coagulação do sangue. Já em hepatites agudas, deve-se evitar, pois se recomenda apenas dieta branda. Após o quadro agudo, pode ajudar na recuperação.
    Diabéticos, preferir o chá mais avinagrado.Melhora a imunidade.
    Pessoas sofrendo de diarréia devem evitar, pois piora.
    Acne : pode piorar a princípio, como uma desintoxicação.

  3. Nilza DIZ:
    Quando comecei a fazer uso do kombucha, tive problemas gástricos.Mas, não deixei de tomar. O que fiz: diminuí a quantidade p/ 100ml diluído com
    suco de uva integral. Depois de um mês, passei a tomar 200ml ainda com o suco. Depois de três meses acrescentei uma segunda dose mas, misturada com uma vitamina de mamão ou maçã. Interessante como a azia e a fermentação, desapareceram mas, até hoje, não consigo tomar puro. Asseguro, que os benefícios para o meu estado geral, foram grandes. Assim, aconselho aos debilitados que não desistam!

  4. Queria saber se há possibilidade de engordar quando se faz uso do kombuchá pois, aconteceu comigo, apesar de ter adiquirido 2kilos ainda assim sou magra. Será possivél? Gostaria de voltar ao meu peso anterior. Se alguém souber por favor me informe, gostaria de continuar a tomar o chá.

  5. Sandra, você mudou seus hábitos alimentares recentemente? Inverno… comemos coisas mais pesadas.
    Se não, isso é, se você acha que foi o Kombucha que te engordou posso citar alguns possíveis motivos:
    1- o chá está muito doce, e da mesma forma que outros alimentos doces, se consumidos em excesso aumentam a possibilidade de acúmulo de peso;
    2- a regulagem do organismo ao que parece se dá por etapas, e os órgãos envolvidos nessa ‘desintoxicação’ podem ter reações alternadas durante esse período, assim, como Kombucha é um probiótico, ele aumenta a taxa de bactérias benéficas presentes no intestino, o que aumenta a absorção de nutrientes, o que por sua vez possibilita uma pele melhor, um aspecto dos olhos melhor, mas que pode alterar de o modo como seu corpo absorve o que come, aumentando ou diminuindo o seu peso;
    3- outra observação que faço é que Kombucha é também um suplemento alimentar que contém inúmeras vitaminas e nutrientes que podem complementar uma alimentação deficiente, mas que exigem um gasto maior diário de energia no caso de uma diéta normal ou uma diéta mais ‘saborosa’.
    Você pode reduzir o consumo do Kombuchá e continuar o seu uso.

  6. tomei conhecimento do uso do kombucha e me interessei. Gostaria de saber se mulheres que fazem uso de anticoncepcionais orais podem se utilizar da bebida.

  7. Não conheço nenhuma restrição ao uso de Kombucha concomitante ao uso desses hormônios.

    Por favor, se tiver qualquer pergunta, entre no Fórum. É mais fácil para perguntar e responder e todos pode se beneficiar das respostas.

  8. Eu já tomei o Kombucha a mais de 30 anos passados. Era muito bom pq aquela vontade de comer na hora de dormir, passava com apenas um copo de Kombucha. Hoje eu não tenho mais, devido eu ter vindo de Campina Grande, para o Recife e me esquecido lá, ou estraviado na mudança. Gostaria de adquirir o Kombucha. Já tenho Kefir de leite e kefir de água, só me falta o Kombucha. Alguem pode me dizer onde posso adquirir? Obrigado…
    Atenciosamente, Eliseu de Abreu…

  9. Eliseu,

    Entre no fórum e solicite uma doação de colônia.

    Logo abaixo do título do blog tem um menu: Início Fórum.

    Clique em Fórum e siga as instruções.

  10. Olá, eu sei que o pedido de doação é feito via fórum. Contudo, não consegui fazer o cadastro. Recebo a mensagem que ocorreu um erro. No caso, que a senha deve ser de quatro caracteres. Coloquei os quatro caracteres conforme recomendado e mesmo assim surgiu a mesma mensagem. Repeti o procedimento cinco vezes e nada. Como faço? Desde já agradeço. Viviane

  11. Olá. Esse é um problema que estou tentando resolver.

    Na verdade a senha tem que ter 6 ou mais caracteres e não 4 caracteres.

    No fórum tem um espaço chamado Ajuda e Suporte, qualquer dúvida você pode colocar lá.

  12. Pessoal,
    queria saber sobre a cafeína presente no chá já que os chás para preparar o kombucha são preto ou verde, ricos em cafeína. Eu não posso consumir cafeína, como fica nesse caso?

  13. Olá tenho kombucha porem sigo uma dieta lowcarb então gostaria de saber o índice glicemico do líquido fermentado…tenho medo do açúcar dele…Não sei ao certo se a Colônia consome todo o açúcar ou parte dele…me ajudem!!!
    Obrigada!!!

  14. O diabetico nao deve ingerir bebidas alcoolicas porque o alcool pode desequilibrar os niveis ideais de acucar no sangue, alterando os efeitos da insulina e dos antidiabeticos orais, podendo provocar hiper ou hipoglicemia.

  15. Por favor. Tenho duvidas:
    _ quanto tempo a pessoa deve tomar ?
    Deve ter pausa?
    Se positivo, qual o período dessa pausa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>